Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos e molhados."

(Millôr Fernandes)

segunda-feira, 28 de março de 2016

Direito de Resposta a Lupi, presidente nacional do PDT

Segunda, 28 de março de 2013
O Gama Livre publica abaixo, por solicitação do jornalista Osvaldo Maneschy, direito de resposta a uma postagem do dia 21 de março deste ano de 2016 no blog Gama Livre. O referido jornalista solicitou o direito de resposta para o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sobre o incidente que aconteceu em 18 de março na cidade de Cabo Frio, envolvendo uma jovem de 16 anos. Apesar de não informar no e-mail encaminhado ao blog se teria recebido do presidente do partido a incumbência de, em seu nome, requerer o direito de resposta, o Gama Livre publica a íntegra do e-mail. Apenas omite os números de registro profissional DRT/RJ e do telefone e o endereço eletrônico do jornalista, entendendo isso como medida para preservar tais informações.

Pena que, para o direito de resposta ficar mais completo e provado cabalmente que, como afirma o senhor Osvaldo Maneschy, não houve agressão alguma à estudante de 16 anos, “a fita” que ele afirma no e-mail que encaminhou “em anexo” não chegou até hoje. Tenha sido anexada ou não. O Gama Livre tentou localizar tal vídeo no Youtube. Infrutífero esforço.

Leia a seguir o direito de resposta

Prezado jornalista,

Com base na Lei de Imprensa em vigor,  solicito direito de resposta para o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, sobre o incidente ocorrido durante manifestação na noite da última sexta-feira (18/3), na portaria do Clube Costa Azul, na cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos, após a realização de evento partidário com a presença do deputado Jânio Mendes (PDT).

Ao contrário da versão difundida pelos manifestantes, quero informar que não houve agressão física à jovem que, junto com outros militantes radicais, ficou na porta de saída do clube xingando e ofendendo o deputado e os visitantes com slogans ofensivos e agressivos – inclusive o presidente do PDT, Carlos Lupi, e o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes.

Estou repassando vídeo feito no momento do incidente por um companheiro, para repor a verdade e para que não prevaleça a versão fantasiosa divulgada com intuito de mistificar os fatos. A fita em anexo é prova cabal de que não houve agressão alguma, Lupi apenas se dirigiu a ofensora para, ironicamente, lhe dar um beijo na cabeça.

Não houve ‘tapa’  ou xingamento à jovem, como relata a versão difundida e consta no ‘Boletim de Ocorrência’ registrado na 126ª. DP, de Cabo Frio. Prestar falso testemunho é crime.

Difundir mentiras não é bom caminho para a democracia  brasileira – tão tumultuada nos dias de hoje exatamente por estarem sendo difundidas e prevalecerem na grande mídia versões como se verdades fossem – contribuindo para o analfabetismo político.

Contra fatos não há argumentos, cerca de 20 pessoas testemunharam o incidente e a fita de vídeo que estou encaminhando aos senhores, neste momento, é prova cabal da minha afirmação. Também informo que o presidente nacional do PDT decidiu acionar juridicamente todos os que prestam falso testemunho para que versões se sobreponham aos fatos.

Atenciosamente,

Osvaldo Maneschy

Jornalista

Registro Profissional DRT/RJ

Telefone: 021 97 –
 email osvaldomaneschy

==================
Do Gama Livre. Mais sobre o assunto:
Vídeo disponível no Youtube: https://youtu.be/a2VA3zp70ls