Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos e molhados."

(Millôr Fernandes)

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Contribuição do Setorial Saúde do Psol ao 6º Congresso Nacional do partido (2017)

Quarta, 26 de julho de 2017
Do Setorial Saúde do Psol

Toda pessoa filiada ao PSOL pode assinar o texto abaixo até as 23h59 do dia 28 de julho, próxima quinta-feira, acessando o link:

Fundado em 2011, o Setorial de Saúde visa oferecer contribuições técnicas, programáticas e estratégicas ao PSOL, instrumentalizar mandatos, fortalecer a reforma sanitária e movimentos populares. Setoriais são fundamentais para um partido vivo, aberto, democrático e militante.

Entendemos que Saúde não é apenas ausência de doenças ou acesso a serviços, mas produto de relações sociais e de produção entre as classes. O princípio do Ubuntu africano “sou porque somos” e o princípio indígena do “bem viver” dizem que uma sociedade só é saudável se podemos todos viver bem, e que a saúde do ambiente e da sociedade estão profundamente ligados. Não teremos um país saudável sem as reformas urbana e agrária, sem distribuição de renda, sem superar o racismo, o machismo e homofobia.

A roubalheira na ditadura, total. Nos mais diversos setores, incluindo a Petrobras

Quarta,26 de julho de 2017


As primeiras  divergências entre os generais, começaram por causa da corrupção. Existiam muitos corretos, até mesmo contra a tortura desvairada, que atingiu o apogeu com o "presidente" Médici. Os protestos contra o desperdício de dinheiro tiveram como alvo o mesmo Médici.


Faraônico, nababesco e perdulário, decidiu construir a rodovia Belém-Brasília, logo denominada como a estrada que "ligaria o nada a coisa alguma". Fortunas desperdiçadas. A seguir, Delfin Netto e Andreazza resolveram fazer a Ponte Rio - Niterói, uma obra útil, mas não  com aquele preço devastador e juro de 14 por cento, da Inglaterra.


Escrevi 6 reportagens, publicadas em 2 meses, com o titulo geral. "A ponte de OURO sobre o MAR de LAMA". Com nomes e sobrenomes, mais prisões. (E lembrando que pouco antes, o governador Lacerda construíra a Cedae, com financiamento dos EUA, de 1 e 5 oitavos, os americanos adoram essas frações anuais).


A PETROBRAS DO "JAPONEZINHO"


Ninguém enriqueceu como ele, que tinha a cobertura e a proteção do próprio Geisel. Nomeado presidente da Petrobras, que tinha a aura e produzia orgulho, com a campanha do “Petróleo é nosso". Mas o que não existia mesmo era o petróleo, que o “japonezinho" comprava com preço várias vezes superfaturado. E esse sobre preço, ia investindo todo no Texas, em petróleo, poço e refinaria. Os filhos foram morar lá, o pai ia de vez em quando, ficava aqui, cuidando dos recursos do  superfaturamento.


Mas surgiram as denúncias, Geisel teve que tirar o "japonezinho" da Petrobras. Só que Geisel, arrogante e audacioso, colocou o "japonezinho”  como Ministro do Ministério de Minas e Energia, ainda mais poderoso, dominando os dois cargos, cada vez mais rico. Shigeaki Ueki, esse o seu nome, continuou investindo no Texas. Mas continuou morando aqui e no Texas.


Esgotado prestigio de Geisel, rompeus "amarras" com o Brasil, mudou definitivamente para o Texas. Há mais de 20 anos não vem ao Brasil. Ele e os filhos são os mais ricos do Texas, em poços e refinarias de petróleo, ultrapassando os 2 Bushs, pai e filho, ex-presidentes dos EUA.


Neste momento em que o Brasil vive o ponto mais alto da corrupção com base na Petrobras, podiam incorporar o "japonezinho", o mais rico de todos, inteiramente esquecido ou deslembrado.


O MP QUER AFASTAR, O PRESIDENTE DA CBF


É pouco, mas pode ser o início de uma renovação. Deviam ter pedido logo a prisão desse senhor Del Nero, corrupto confesso. Não sai do Brasil com medo de ser preso, não viu nenhum jogo da seleção.


Parabéns ao MP, que ANULOU a reforma do estatuto. Deu todos os poderes a senhores desconhecidos das federações. Excluiu totalmente os clubes. A comunidade do país inteiro, torce, sofre e mantém os clubes. As federações só fazem explorá-los. 


AUMENTO DE COMBUSTIVEIS


Um juiz Federal  de Brasília, acaba de anular o inacreditável aumento de combustíveis. Não vai demorar, e um outro magistrado (?), tornará sem efeito, a decisão do juiz Federal.


O DITADOR CARRASCO DA TURQUIA


Está completando 1 ano do  que ele chamou de golpe. Pretendia fazer parte da UE, agora os 27 países, nem querem  vê-lo ou ouvir falar nele. Prendeu ou demitiu 150 mil pessoas, fechou mais de 100 empresas de Comunicação.


E hoje começa o julgamento arbitrário de 51 jornalistas. Apesar de tudo isso, sempre que pode, vai à televisão e não se cansa de repetir: "Duvido que exista no mundo, uma democracia mais autêntica e apoiada pelo povo do que a da Turquia".


Outra insistência, que repete como se fosse um slogan: "Todo o golpe foi organizado por um clérigo que vive nos EUA". E pede a sua extradição, nem os EUA nem ele se interessam. Como é que apenas um personagem, há anos sem sair dos EUA, isolado, pode organizar um golpe e movimentar centenas de milhares de pessoas. E sem o mínimo de resistência, de protesto, de manifestações.


MINISTÉRIO PÚBLICO X SERGIO MORO


As relações em Curitiba já estiveram muito melhores. Eram quase afáveis, agora  são praticamente conflitantes. Em vários casos. Até mesmo em relação a Lula. Moro condenou o ex-presidente a 9 anos de prisão. Decorrido quase 1 mês, o MP pediu ao juiz para reabrir o processo. Moro recusou, já não tem mais nada a ver com esse processo.


Circularam rumores ( registrei)  de que o MP considerava, que não existiam provas irrefutáveis para a  condenação. Mas não recorreram à Quarta Vara Federal. Já haviam surgido divergências nas absolvições da mulher de Eduardo Cunha e da de serginho cabralzinho.


O MP defendia a condenação das duas. Mas não recorreu para a Desembargadoria Federal de Porto Alegre. Só que ontem, terça feira à tarde, o MP pediu a condenação da mulher de serginho. Mas manteve o silêncio em relação à mulher do ex-presidente da Câmara. 


Nenhuma divergência no crime de cumplicidade e lavagem de dinheiro, atribuído às duas. Por que o recurso contra uma e o esquecimento da outra? Chatíssimo: não ha informação. Só rumores ou suspeitas.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Mato Grosso avança na retomada dos hospitais regionais para administração direta

Terça, 25 de julho de 2017
Do site Ataque aos Cofres Públicos

Por meio de um grupo de trabalho, Estado está banindo os contratos com Organizações Sociais que tantos prejuízos causaram à população

Foram muitos os estragos que a terceirização de hospitais regionais em Mato Grosso por meio de organizações sociais provocou no Estado. Milhões foram desviados da saúde em escândalos que movimentaram as páginas dos jornais entre 2011 e 2014.

Rejeição a Temer sobe e atinge 94% e 95% dos entrevistados acreditam que o país está no rumo errado

Terça, 25 de julho de 2017


Rejeição a Temer sobe e atinge 94%
Levantamento mostra ainda que 95% dos entrevistados acreditam que o país está no rumo errado
Por Noticias ao Minuto Foto: Reprodução/Divulgação/Twitter
Blog do Sombra
Em julho, a avaliação do governo federal atingiu o pior patamar desde janeiro de 2003, segundo a pesquisa Pulso Brasil, realizada pela Ipsos. O presidente Michel Temer também alcançou o maior índice de reprovação dos brasileiros (94%). O levantamento ainda mostra que 95% dos entrevistados acreditam que o país está no rumo errado.

Justiça confirma decisão que garante inspeção do MPF em delegacia da Polícia Federal

Terça, 25 de julho de 2017
Do MPF
Decisão assegura o exercício efetivo do controle externo da atividade policial pelo órgão
O Ministério Público Federal (MPF) em Caruaru (PE) obteve decisão judicial que garante acesso do MPF a todas as dependências da Delegacia da Polícia Federal (PF) na cidade durante visitas de inspeção, bem como a informações relevantes para o controle externo da atividade policial, como as relacionadas ao quadro de servidores: quantitativo geral, quantitativo por turno e frequência de designações para missões em outros estados, entre outras.

Governo federal tenta comprar fazenda para socorrer amigo de Temer

Terça, 25 de julho de 2017
Governo federal tenta comprar fazenda para socorrer amigo de Temer
Sem-terra invadiram propriedade de coronel em maio para exigir compra de terra em Bauru Pressão sobre Incra funcionou. Nesta terça, área foi alvo de nova invasão do MST
Por El País Foto: Reprodução/Divulgação/Agência Brasil
e Blog do Sombra
Uma semana depois da explosão da delação da JBS que colocou contra as cordas o Governo Michel Temer, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) começou uma negociação inédita em São Paulo em socorro ao coronel reformado João Baptista Lima Filho, velho amigo de Temer e apontado pelos investigadores da Operação Lava Jato como o mais antigo operador de propinas do presidente. Desde junho, a autarquia tenta comprar uma fazenda para atender a sem-terras que acossavam o coronel Lima. Entre tantas demandas semelhantes e frustradas pelo país, o trunfo do grupo de manifestantes paulista foi lançar mão de um mecanismo de pressão que se mostraria eficiente: com o objetivo declarado de chamar atenção de Temer, eles invadiram uma propriedade do amigo do presidente em Duartina, a 380 km de São Paulo, e anunciaram que só deixariam o local com um acordo para aquisição de uma área para a reforma agrária em Bauru. Conseguiram, numa operação que, na visão de um procurador da República, contém indícios de tráfico de influência e improbidade administrativa.

Ação popular: Justiça Federal em Brasília suspende aumento de impostos sobre combustíveis

Terça, 25 de julho de 2017

Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil

Brasília - Postos de combustíveis ajustam os preços e repassam para o consumidor o aumento da alíquota do PIS e Cofins pelo litro da gasolina(Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Alta de impostos sobre combustíveis  foi anunciado na quinta-feir
Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Justiça Federal no Distrito Federal suspendeu o reajuste das alíquotas do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre a gasolina, o diesel e o etanol, anunciado pelo governo na última quinta-feira (20).

MPF prorroga por seis meses trabalhos da Lava Jato no Rio

Terça, 25 de julho de 2017
Felipe Pontes – Repórter da Agência Brasil
O Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) autorizou hoje (25) a prorrogação por seis meses da força-tarefa da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro.
A decisão foi tomada de forma unânime pelos 11 membros do conselho, presidido pelo procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot, e integrado também por sua sucessora, Raquel Dodge, que assumirá o comando da PGR em setembro.

MST ocupa fazenda de Ricardo Teixeira e denuncia promiscuidade e corrupção que atinge até a Globo

Terça, 25 de julho de 2017
Na região Sul do Estado do Rio de Janeiro, Teixeira mantém latifúndios, que são reivindicados pelos trabalhadores como punição aos corruptos.

WhatsApp Image 2017-07-25 at 07.01.38.jpeg

Da Página do MST

Como parte da Jornada Nacional do MST em defesa da Reforma Agrária e pautando a aquisição das terras dos corruptos, mais de 350 famílias ocuparam a fazenda Santa Rosa do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, notório denunciado e indiciado em casos de corrupção. O latifúndio fica localizado no município de Piraí, região Sul Fluminense, e concentra mais de 1500 ha.

Em Jornada Nacional de lutas, MST ocupa fazenda de Ministro Blairo Maggi

Terça, 25 de julho de 2017
Movimento denuncia práticas de corrupção do Ministro da Agricultura em favor próprio e do agronegócio.

Da Página do MST 

Como parte da Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária, cerca de 1000 famílias de todos os estados da região centro-oeste e Distrito Federal ocuparam a fazenda, nesta madrugada (25), a fazenda do ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), localizada em Rondonópolis, a 210 quilômetros da capital Cuiabá.


Conhecido como “Rei da Soja”, Maggi é dono de um grande império econômico, o grupo Amaggi, e envolvido em conjunto de denúncias de uso das legislaturas, como o de senador, para legislar em causa própria e para o fortalecimento das empresas de agronegócio. No ano de 2006 o Greenpeace lhe concedeu o prêmio Motosserra do ano, por elevados danos ao meio ambiente. Blairo também estava envolvido em eventos ainda não esclarecidos como a interceptação pela Força Área Brasileira (FAB) de uma aviação que transportava 500 quilos de cocaína. Segundo a FAB, a aeronave decolou da Fazenda Itamarati Norte, localizada no município de Campo Novo do Pareceis (MT). A fazenda pertence ao grupo Maggi.

MST ocupa fazenda do amigo de Temer no interior de São Paulo

Terça, 25 de julho de 2017
Propriedade na cidade de Duartina está registrada no nome do Coronel Lima, assessor e amigo pessoal do peemedebista

Da Página do MST 

A fazenda do Coronel Lima, parceiro de longa data do presidente golpista Michel Temer, segundo declarações do mesmo, foi ocupada na madrugada desta terça-feira, 24 (dia dos Trabalhadores Rurais), por 800 integrantes do MST. A ação faz parte da Jornada Nacional de Lutas com o tema "Corruptos, devolvam nossas terras!". O movimento exige que a área seja destinada à reforma agrária.

MST: Corruptos, devolvam nossas terras!

Terça, 25 de julho de 2017
MST Reforma Agraria na terra dos corruptos.jpg

Da Página do MST
Milhares de trabalhadores rurais ocupam, em todo país, fazendas ligadas a processos de corrupção ou a corruptos, onde exigem a destinação das terras para assentamento de famílias Sem Terra. O MST também coloca a saída dos golpistas instalados no Planalto e a convocação de eleições diretas como condição para a retomada da Reforma Agrária.

De panelaços, paneleiros, fechamento do Centro Obstétrico do HRG, e da gracinha sem graça do secretário de saúde na Região de Santa Maria e Gama (republicado)

Domingo, 23 de julho de 2017
O texto abaixo foi publicado originariamente no BlogGama Livre às 13h18 do dia 23 de julho de 2017.


Foto ilustrativa: Tania Rego/Agencia Brasil. Clique na imagem para ampliá-la.
Não bastasse o caos implantado na rede pública de saúde pela gestão Rollemberg e sua equipe, agora se partiu para um desrespeito explícito contra os servidores, contra os conselheiros regionais de saúde e, pasmem, contra a própria população.

Os mais recentes episódios na Região Sul de Saúde, que compreende Gama e Santa Maria, ocorreram na última quinta-feira (20/7) e tiveram como local o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM).

Vamos a um desses episódios

Acompanhado por, pelo menos, 7 auxiliares gestores, o secretário de saúde do governo Rollemberg, Humberto Fonseca, esteve no HRSM para reunião com médicos ginecologistas dessa unidade de saúde.

Mas eis que ao ser visto por funcionários do hospital, uma das servidoras o interpelou sobre quando ele pagaria o dinheiro das horas extras que o governo está devendo ao pessoal da saúde.

Num misto de arrogância, desprezo, atitude humilhante, contra os servidores, mas prenhe de sem-gracice, declarou:

— Deixa eu ver se tenho aqui na carteira.

Este é o tipo de dirigente que, geralmente, temos ao volante da saúde pública do DF. Certamente por isso, é que a saúde vive de batidas, trombadas, derrapadas, capotadas, sinistros. Fazendo como vítimas, algumas fatais, pessoas que usam (melhor dizer, tentam usar) os serviços da rede pública.

E o pior é que diante dessa piadinha da maior sem-gracice, o chefe Rollemberg nada falou (pelo menos publicamente), quando se esperaria de qualquer governador a exoneração do secretário, até antes deste retornar de Santa Maria ao Plano Piloto de Brasília. Verdade que Rollemberg não estava presente. Mas que soube, soube.

De acordo com informações, a piadinha sem graça, mas humilhante, produziu, em pelo menos alguns dos 7 auxiliares de sua majestade o secretário, risos. Lamentável esse tipo de solidariedade ao chefe. Se é que isso possa ser chamado de solidariedade e não de outra coisa. A seguir uma foto do secretário e seu séquito no HRSM no último dia 20 de julho.

Clique na imagem para ampliá-la.
Da direita para a esquerda: Robledo de Souza Leão Lacerda, superintendente da Região de Saúde Sul; Ismael Alexandrino, Secretário-adjunto de Gestão em Saúde; José Macedo, diretor do HRG; Humberto Fonseca, secretário de saúde do DF; Igor Dourado, diretor do HRSM, tendo ao seu lado Kenisse Dourado, assessora do superintendente da Região de Saúde Sul; Daniel Seabra Resende Castro Correa, Secretário-Adjunto de Assistência à Saúde (atrás); e por fim, na extremidade direita, Átilas, diretor administrativo da Superintendência de Saúde da Região Sul.

Agora falemos da reunião do último dia 19 do Conselho de Saúde do Gama,  que não passou de um 'panelaço geral'; os conselheiros 'paneleiros' e, pasmem, o povo 'paneleiro'. A absurda opinião do secretário de Saúde do governo Rollemberg.

Coisa que começa com uma situação dessa (o caso do “Deixa eu ver se tenho aqui na carteira”), não pode terminar em coisa que preste. E terminou sem prestar.

E acabou em situação deplorável. Em reunião (e paredes tem ouvido, e celular gravador), ainda no dia 20 de julho, com a equipe médica do Centro Obstétrico do HRSM, o secretário de saúde teria feito (segundo as nossas fontes, ele fez) comentários grosseiros, desrespeitosos, descabidos, contra o Conselho Regional de Saúde do Gama, que no dia anterior, 19 de julho, realizou uma reunião que, iniciada pela manhã, terminou por volta das 14h27. Esta reunião aconteceu no auditório do Centro de Ensino Especial do Gama.

Num momento de possível destempero, disse o secretário na reunião do HRSM que o CO do Gama seria fechado sim. Era a decisão do governo. Que aquela decisão do dia 19, e que proibiu o fechamento do Centro Obstétrico do Gama, foi um PANELAÇO. Coisa de PANELEIROS. Dessa forma, atingidos pelo destempero, foram os conselheiros, os funcionários, e...o povo presente à reunião.

Entenda o caso

No último dia 19 de julho, quarta-feira da semana que passou, foi realizada uma reunião importante e concorrida. Discutiu e DECIDIU sobre o Centro Obstétrico do Hospital Regional do Gama, o HRG. Tal centro vem sendo já há algum tempo ameaçado de fechamento pelo governo Rollemberg. O hospital já sofre com o fechamento definitivo do Pronto Atendimento Infantil (PAI).

Agora era o Centro Obstétrico que estava (e continua a estar) ameaçado de fechamento. Tal ameaça provocou uma reunião do Conselho Regional de Saúde do Gama, em que esteve também presentes muitos moradores. Direito a voz e voto têm os conselheiros que representam o gestor, o trabalhador da saúde e o usuário dos serviços públicos de saúde. Aos moradores presentes na reunião, a voz.

A decisão do Conselho Regional de Saúde

Moradores usaram a palavra questionando os argumentos dos gestores e protestaram contra o fechamento do Centro Obstétrico do HRG. Os vários gestores, que são também conselheiros, e que fizeram uso da palavra não conseguiram demonstrar a razoabilidade do cerramento das atividades do CO. Até argumentos conflitantes entre eles foram expostos. Já os conselheiros representantes dos servidores e dos usuários, foram claros, e convincentes ao defenderem a proibição do fechamento do Centro Obstétrico.

Mas como assinalado mais acima, direito a voto só tem os conselheiros (representantes do gestor, dos servidor, do usuário). Como ficava cada vez mais claro que venceria a proposta apresentada ao Conselho pela proibição do fechamento do Centro Obstétrico do HRG, mesmo no casos que ocorra algum tipo de manutenção, vários  conselheiros do seguimento Gestor, foram caindo fora da reunião. Os poucos que ficaram, se abstiveram na hora do voto. E a SOBERANA decisão aprovada pelo Conselho Regional de Saúde do Gama proibiu que se feche o CO. Foi contra essa sensata, e indispensável, decisão que se insurgiu o secretário de saúde do governo Rollemberg. E que gerou os comentários feitos no dia seguinte em reunião com a equipe médica do Centro Obstétrico do HRSM.

Duas coisas temos plena convicção até porque lá estivemos e vimos o que aconteceu. A reunião do Conselho Regional de Saúde do Gama NÃO FOI UM PANELAÇO. Ponto. Os conselheiros que defenderam e votaram pela proibição de se fechar o Centro Obstétrico do Hospital Regional do Gama NÃO SÃO PANELEIROS. Ponto. O povo presente à reunião também NÃO É PANELEIRO. Ponto!
===========

Leia também e saiba mais:

Mulher, vá parir noutro lugar!!! GDF vai fechar o Centro Obstétrico do HRG. Reaja!

Mulheres correm enorme perigo se precisarem parir no HRG ou HRSM neste final de semana. Centros Obstétricos funcionarão precariamente

Parir no Centro Obstétrico do HRG é um sagrado direito da mulher, decide o Conselho Regional de Saúde do Gama ao proibir o fechamento da unidade. Mas vigiar é preciso

Pacientes, comunidade e trabalhadores evitam fechamento do centro obstétrico do HRG

Supremo: ministro nomeado por Temer, arquivou foro privilegiado, está pronto para repetir a façanha com a gravação

Terça, 25 de julho de 2017
Do Blog Oficial do Jornal da Tribuna da Imprensa

Por Helio Fernandes

Seu  nome: Alexandre de Moraes. Jamais poderia pertencer ao mais alto tribunal do país. Nem teria chance nem vaga. Com a morte de Teori Zavascki, indicou, aprovou e nomeou um homem da sua mais suspeita intimidade e falta de credibilidade.

Logo no primeiro julgamento de que participou, mostrou do que era capaz. Com muito esforço e enfrentando protestos e resistências, a presidente Carmen Lúcia e alguns Ministros acima de dúvidas e suspeitas, conseguiram colocar em pauta a votação para acabar com o vergonhoso foro privilegiado.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Malditos sejam os pecadores

Julho
24

Malditos sejam os pecadores

No idioma aramaico, que Jesus e seus apóstolos falavam, uma mesma palavra significa dívida e pecado.
Dois milênios depois, os pobres do mundo sabem que a dívida é um pecado que não tem expiação. Quanto mais você paga, mais você deve; e no Inferno está a sua espera o castigo dos credores.


Eduardo Galeano, no livro “Os filhos dos   dias”. Editora L&PM, 2ª edição, pág. 236.

Projeto que criminaliza o comunismo no Brasil é analisado na Câmara

24 de jul de 2017

Do Blog do Arretadinho 
 
Projeto de Eduardo Bolsonaro que criminaliza o comunismo no Brasil passa a ser analisado na Câmara dos Deputados. Caso seja aprovado, PL prevê punição com reclusão de dois a cinco anos e multa para quem se mostrar favorável ou fizer apologia ao comunismo.

Juízes federais criticam ofensas a Moro por causa de condenação de Lula

Segunda, 24 de julho de 2017
Sabrina Craide — Agência Brasil
Brasília - O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil, Roberto Carvalho Veloso, durante audiência pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa para debater os crimes de abus
O presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil, Roberto Carvalho Veloso, assina nota da Ajufe em que a entidade repudia críticas de políticos contra Sérgio MoroMarcelo Camargo/Arquivo/Agência Brasil
A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) divulgou hoje (24) uma nota repudiando as atitudes ofensivas de políticos ao juiz federal Sérgio Moro em decorrência da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Causa indignação a utilização da imunidade parlamentar para desferir ofensas a quem está cumprindo a sua função constitucional de aplicar a lei ao caso concreto”, diz a nota, assinada pelo presidente da Ajufe, Roberto Carvalho Veloso.

Planejamento estuda implantar PDV para servidores públicos

Segunda, 24 de julho de 2917

Heloisa Cristaldo e Camila Maciel - Repórteres da Agência Brasil

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão está preparando uma proposta que define regras para um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) de funcionários públicos federais. A medida inclui também a redução da jornada de trabalho com remuneração proporcional para servidores públicos do Poder Executivo Federal. A informação foi divulgada hoje (24) pela pasta.

PGR pede transferência do procedimento penal instaurado na Espanha contra Ricardo Teixeira

Segunda, 24 de julho de 2017
Do MPF 
Objetivo é ter acesso aos detalhes e provas da investigação espanhola para viabilizar a persecução penal no Brasil


A Procuradoria-Geral da República pediu, nesta segunda-feira (24), a transferência do procedimento penal instaurado na Espanha contra o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira. Ele teve um mandado de captura internacional decretado pela Justiça espanhola pelos crimes de lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. Como ele é brasileiro nato e não pode ser extraditado, o objetivo é ter acesso aos detalhes e provas da investigação espanhola para viabilizar a persecução penal no Brasil.

O caos da saúde do governo Rollemberg. No HRT, 4 enfermeiros chegam a atender 190 pacientes

Segunda, 24 de julho de 2017
Do SindEnfermeiro/DF

Na última quinta (20), o SindEnfermeiro esteve no Hospital Regional de Taguatinga (HRT) para uma reunião sobre o déficit de profissionais, o aumento da demanda que chega à unidade e a falta de equipamentos. De acordo com profissionais do hospital, pronto-socorro da unidade chega a ter 190 pacientes sob os cuidados de apenas 2 enfermeiros.

MPF oferece denúncia contra cartel do Standard Chartered, Royal Bank of Canada (RBC), Merrill Lynch, Deutsche Bank e Morgan Stanley que manipulou spread cambial

Segunda, 24 de julho de 2017
Do MPF
Funcionários de cinco bancos integravam o grupo que manteve artificialmente o spread, aumentando o lucro das instituições em operações milionárias de câmbio
MPF oferece denúncia contra cartel que manipulou spread cambial
Cédulas de dólar e real. Cartel manipulou spread do câmbio em operações offshore Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas
O Ministério Público Federal (MPF) denunciou cinco ex-funcionários de grandes bancos internacionais, que operavam no mercado de câmbio offshore, pelo crime de formação de cartel. O grupo ajustou uma margem de spread  comum (diferença entre o preço de compra e venda de moeda estrangeira) em Contratos a Prazo com Liquidação Financeira (Non-Deliverable Forwards Real/NDF), que são operações de compra e venda de dólar utilizadas principalmente como garantia (hedge) para evitar as consequências de eventuais flutuações de câmbio.

Para Procuradoria Eleitoral, posts em redes sociais podem configurar propaganda irregular

Segunda, 24 de julho de 2017
Do MPF
Nota técnica esclarece que pedidos não explícitos de votos também são vedados
Para PRE/RJ, posts em redes sociais podem configurar propaganda irregular
Imagem ilustrativa / Istock
A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro (PRE/RJ) emitiu nota técnica sobre propaganda antecipada nas redes sociais e em outros meios de comunicação. O documento, voltado a orientar a atuação dos promotores eleitorais no estado, esclarece que pedidos de voto feitos de forma dissimulada, não diretamente, também podem caracterizar propaganda antecipada. As propagandas eleitorais feitas fora do período estipulado são vedadas pela legislação.

Operação Zelotes: Ação penal pede condenação de envolvidos em fraudes que beneficiaram Bank Boston (Itaú-Unibanco)

Segunda, 24 de julho de 2017
Do MPF no Distrito Federal
Ao todo, 11 pessoas foram denunciadas por crimes praticados junto ao Carf. Empresa deixou de pagar mais de meio bilhão de reais ao fisco
A Justiça recebeu, nesta segunda-feira (24), denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) em mais uma ação penal proposta no âmbito da Operação Zelotes. Neste caso, foram denunciadas onze pessoas por crimes praticados junto ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). As infrações cometidas pelos envolvidos tiveram o propósito de assegurar julgamentos e pareceres administrativos favoráveis ao Bank Boston, atualmente Itaú-Unibanco. Entre os denunciados não há, no entanto, representantes do Banco Itaú, que adquiriu a instituição financeira durante o período de tramitação dos recursos no tribunal administrativo. A lista de integrantes do esquema criminoso inclui o então diretor jurídico da empresa, Walcris Rosito, servidores públicos, além de advogados, conselheiros e lobistas. Com o recebimento da ação pelo juiz federal Vallisney Oliveira, o grupo responderá por corrupção, gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro, apropriação de dinheiro de instituição financeira e organização criminosa.

Procurador da Lava Jato diz que ao contrário do que deseja o Estadão e o vice-presidente da Câmara, não será agora que a operação vai acabar

Segunda, 24 de julho de 2017
Veja o que postou na tarde de hoje (24/7) no seu Facebook o procurador federal Carlos Fernando dos Santos. 

Procurador Carlos Fernando. Foto do perfil no Facebook

A LAVA JATO REALMENTE NÃO CONCLUIU SUAS INVESTIGAÇÕES, mas ao contrário do que deseja o Estadão e o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), não vai ser agora que a operação investiga o PMDB e outros partidos que se beneficiaram do governo Dilma e hoje se beneficiam do governo Temer que a Lava Jato vai acabar.

Realmente há muito trabalho por fazer, seja terminarmos investigações do passado, seja iniciarmos novas investigações para o futuro.

Não cabe ao Ministério Público escolher o crime que investiga. A Justiça é cega justamente porque a lei é igual para todos. A pior impunidade seria deixarmos agora de investigar crimes de corrupção simplesmente porque o grupo no poder atende os interesses econômicos do empresariado, cuja voz no mídia é a do jornal O Estado de São Paulo.


P.S. Novamente o editorialista usa de mexericos para dizer que Procuradores da República seriam responsáveis por vazamentos. Seria bem mais corajoso se fossem nominadas essas pessoas que teriam vazado, pois intriga, fofoca e maledicência não são o que se espera de um jornal sério.

***************
Mais cedo ele já havia postado: 

ACABAR COM A LAVA JATO. Esse parece ser o próximo passo do PMDB. Infelizmente muitas pessoas que apoiavam a investigação só queriam o fim do governo Dilma e não o fim da corrupção. Agora que Temer conseguiu com liberação de verbas, cargos e perdão de dívidas ganhar apoio do Congresso, o seu partido deseja acabar com a sua investigações. Mas, mesmo com todas as articulações do governo e de seus aliados, as investigações vão continuar por todo país.


O Metrópoles publicou hoje (24/7) que Rollemberg mantém equipe de animadores ao custo anual de R$766 mil. O Gama Livre revela em 5 imagens as novas animadoras que serão incorporadas à equipe

Segunda, 24 de julho de 2017
Animadora importada do Rio Grande do Sul







Novas animadoras de Rollemberg, importadas do Japão via Estados Unidos


Animadoras importadas não interessa de onde, pois ninguém consegue animar o governo de Brasília.  A cada dia que passa a única coisa que aumenta é a rejeição popular ao governador Rodrigo Rollemberg.

O favor que José Roberto Arruda pode fazer a Brasília

Segunda, 24 de julho de 2017
O favor que José Roberto Arruda pode fazer a Brasília
Zé Roberto Arruda tem a oportunidade de limpar a sua biografia, preservar os filhos no futuro sendo o cara que passou Brasília a limpo. Mostrar que nem tudo está perdido. A cidade vai agradecer.
Por Ricardo Callado 
Do Blog do Sombra
O fim de semana se agitou com a informação de uma possível delação do ex-governador José Roberto Arruda (PR). Se for concretizada – e não passar de envio de recados – a política de Brasília vai ser passada a limpa.

domingo, 23 de julho de 2017

A delaçao premiada de Arruda e os sete anos do "Já vai tarde!" de Eurides Brito

Domingo, 23 de julho de 2017
No dia em que a revista Veja divulga que o ficha-suja, o ex-governador Roberto Arruda, quer delatar seus antigos comparsas na famosa Operação Caixa de Pandora, um amigo do Gama Livre nos envia um link de postagem de 2010 sobre um dos personagens importantes daquele escândalo.

É que completou ontem, 22 de julho de 2017, exatos sete anos e um mês da cassação por corrupção desvairada da deputada distrital Eurides Brito. E no dia 23 de julho de 2010 o Gama Livre publicou um texto sobre a cassação da líder de Arruda na CLDF. Ela desmandou por muitos anos na rede pública da educação do DF. Leia abaixo a postagem.

Já vai tarde!


Quarta, 23 de junho de 2010

Pagou, mas não tudo que deve. A cassação ontem (22/6) de Eurides Brito não purga todos os seus pecados. Aliás, não purga nenhum dos seus pecados ou de suas maldades.
Trazida em 1979 para Brasília pelas mãos do então ministro da Educação da ditadura, o coronel Jarbas Passarinho, aquele que eliminou centenas de estudantes e professores das universidades brasileiras com seu Decreto 477, “o AI-5 das Universidades”, dona Eurides demorou de começar a pagar o mal que tanto fez.

O Decreto-Lei 477, fruto da mente de Jarbas Passarinho, inibiu a liberdade e a capacidade intelectual nas universidades brasileiras, demitiu professores e servidores, cassou alunos, prejudicou o ensino superior, mas não apenas o superior, e levou terror à escola. O criador desse monstrengo perverso que, paraense, lembrou-se de sua conterrânea Eurides Brito quando os professores do Distrito Federal lutavam numa greve. Ela foi retirada da bolsa (ops!), do bolso, do coronel Passarinho e trazida para a Secretaria de Educação do DF.

A cassada ontem por quebra de decoro e da ética é a mesma senhora que demitiu e puniu mais de três mil professores públicos do Distrito Federal. É a “professora” que acusava de falta de ética os mestres que não se submetiam, que não aceitavam a submissão à sua nefasta administração, ou influência —quase que eterna— na Secretaria de Educação.

É a mesma dona Eurides que, secretária da Educação na época da ditadura, reinou  também por muito tempo nos quatro governos de Joaquim Roriz, de quem foi titular da área da Educação. Ainda mandou absoluta nessa área no curto, mas péssimo e escandaloso governo de Arruda, aquele dos panetones. Mandou e desmandou, mais desmandou que mandou, na Educação de Brasília por longos e longos anos.

Fez adversários no seio da categoria dos professores e servidores escolares, mas, como todo chefe esperto, também formou um razoável contingente de seguidores, especialmente integrados por dirigentes escolares. Tinha muitos adversários, mas muitos bajuladores e aproveitadores. Estes dois últimos grupos estão desembarcando do hoje navio à deriva.

O seu alforje era muito grande. Enquanto o vaqueiro nordestino na sua labuta diária sob o sol a pique enche o seu alforje com rapadura e farinha que lhe dão a energia para mais um dia de trabalho, a distrital enchia o seu alforje de um determinado e estranho tipo de rapadura.

Quando enche seu alforje de rapadura e com a santa farinha que mata ou engana a sua fome, o sertanejo nordestino é observado por Deus.

A distrital ao encher seu alforje com aquele tipo de “rapadura” foi também observada. Não por Deus, mas por Durval Barbosa. Deus guarda o que observa para o julgamento final. Durval, não. Entrega à Polícia Federal.

O vaqueiro nordestino leva uma vida dura, muito sofrida. Embaixo de sol e chuva, embrenhando-se na caatinga cheia de espinhos juntamente com seu cavalo e seu fiel cachorro leva uma vida dura para poder ter sua farinha e rapadura dentro do alforje e matar a fome de seus filhos.

Enquanto isso, outros enchem seus alforjes —pois que tais bolsas de tão grandes poderiam ser chamadas de alforjes— de um tipo indecente de rapadura. Rapadura de dinheiro. E Deus sabe muito bem de quem essa rapadura foi tirada.

Já vai tarde, Dona Eurides!


Olhe a seguir as “rapaduras” entrando no alforje da deputada.