Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos e molhados."

(Millôr Fernandes)

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Fechem o açougue de elefantes

Terça, 31 de outubro de 2017

De Vaaz.Org

Queridos amigos e amigas, A maior apreensão de marfim das últimas décadas acaba de acontecer em Hong Kong. 1000 elefantes foram massacrados só para esse lote e tudo isso para virarem bibelôs na estante de alguém.

Hong Kong é um verdadeiro "açougue de elefantes" -- cada vez mais pedaços desses animais chegam ali para comercialização. Enquanto essa atividade for legal, o massacre dessas maravilhosas criaturas continuará. Neste ritmo, em breve eles serão literalmente extintos da face da terra.

ASSINE AGORA

A maior apreensão de marfim das últimas décadas aconteceu agora em Hong Kong: 1000 elefantes foram massacrados só para esse lote! O governo quer proibir esse comércio horroroso, mas precisa de um enorme apoio popular para enfrentar os lobistas do marfim. Aí que entramos! Adicione seu nome -- quando nosso apelo ficar gigante, a Avaaz vai encher Hong Kong de anúncios e causar um frenesi na imprensa -- precisamos fechar esse açougue de elefantes:
ASSINE AGORA

O governo de Hong Kong quer proibir este comércio horroroso, mas os lobistas da indústria do marfim estão fazendo de tudo para dificultar. Um apelo gigantesco da nossa comunidade abafaria seus argumentos ridículos, daria ao governo o apoio popular que precisa e evitaria o massacre de milhares de elefantes. Mas para ser possível, será necessária a participação de cada um de nós.

Vamos construir uma mega petição para salvar os elefantes! A Avaaz vai encher Hong Kong de anúncios, pressionar os políticos e causar um frenesi na imprensa. Adicione seu nome e compartilhe o máximo -- vamos fechar esse açougue de elefantes:
Diga a Hong Kong -- proíba de vez o marfim! Nosso incrível movimento teve um papel importantíssimo na luta para salvar os elefantes da extinção. Até a China, a maior comerciante de marfim do mundo, já está proibindo!

PDAF: Câmara aprova programa de descentralização administrativa para escolas públicas

Terça, 31 de outubro de 2017
Da CLDF
Os deputados distritais aprovaram na tarde desta terça-feira um substitutivo ao projeto de lei nº 1.674/2017, do Executivo, em tramitação conjunta com o projeto de lei nº 360/2015, do deputado Cristiano Araújo (PSD), que regulamenta o Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF) nas escolas públicas do DF. A proposta foi aprovada em segundo turno e redação final, com 19 votos favoráveis, e segue à sanção do governador Rodrigo Rollemberg.

O substitutivo aprovado foi elaborado pelos deputados Wasny de Roure (PT), Agaciel Maria (PR), Prof. Reginaldo Veras (PDT) e Prof. Israel (PV), após intensa negociação entre os distritais. A criação do PDAF estava prevista no Plano Distrital de Educação, aprovado em 2015. O instrumento será aplicado nas unidades escolares e nas regionais de ensino.

Mapa mostra situação da violência contra idosos no Distrito Federal

Terça, 31 de outubro de 2017
Da Agência Brasil
Julia Buonafinna *
O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) divulgou nessa terça-feira (31), a terceira edição do Mapa da Violência contra a Pessoa Idosa do Distrito Federal (DF). O balanço revela resultados positivos. Em 2016, foram registradas 1.157 denúncias de violência contra idosos no DF, contra 1.097 registradas em 2015, 60 casos a menos.

As regiões administrativas do DF que mais se destacaram em relação à violência contra o idoso foram  Ceilândia, com 16,4% dos casos;  Taguatinga, com 10,9%; e Brasília [Plano Piloto], com 10,3%. Essas regiões juntas concentram quase 38% das denúncias. As regiões com menor índice de denúncia são Park Way, com 0,70%, Sudoeste/Octogonal, com 0,38% e Varjão, com 0,18%.

Os dados ainda mostram que 59,1% dos casos de violência contra idosos são causados pelos próprios filhos e 11,6%, por outros membros da família. De acordo com a promotora Sandra Julião, uma forma de auxiliar no combate a esse tipo de violência foi a criação da Delegacia do Idoso.“A denúncia do idoso exige uma oitiva e um acolhimento especializado”, disse.

Nota de apoio à greve dos servidores em educação de Luziânia (GO)

Terça, 31 de outubro de 2017
Da Cut Brasília
“Se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda”,  Paulo Freire
A Central Única dos Trabalhadores de Brasília vem a público manifestar total apoio ao movimento paredista dos servidores em educação de Luziânia (GO) e repudiar o posicionamento intransigente do prefeito do município, que tem se mostrado inflexível para qualquer tipo de debate, prejudicando mais de 18 mil alunos.
Já são 40 dias de muita resistência e mobilização em prol de melhores condições de trabalho e de reajustes salariais garantidos por lei. É inaceitável que a educação, bem público e direito social, seja tratada com tamanho descaso e que uma manifestação tão grande e legítima seja ignorada.
É importante ressaltar que o movimento tem crescido a cada dia, ganhando total apoio, inclusive, da população luzianense. Hoje, 80% dos servidores da educação já aderiram à paralisação e a tendência é que mais trabalhadores se unam para reivindicar um ambiente educacional mais justo e democrático.
A CUT Brasília, enquanto defensora dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, entende que a educação é o pilar mais importante para mudança de uma sociedade e que toda mobilização por melhorias é justa. Dessa forma, reafirma o seu apoio aos docentes de Luziânia e se põe à inteira disposição para eventuais necessidades.
Força, companheiros!
Somos fortes, somos CUT!

Como fabricar monstros para garantir o poder em 2018

Terça, 31 de outubro de 2017

Enquanto o país é tomado por assaltantes do dinheiro público, parte dos brasileiros está ocupada caçando pedófilos em museus

=======
Jair Bolsonaro, capitão da reserva do Exército e em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto para 2018, vociferou: “É a pedofilia!”. E, em seguida: “Canalhas! Mil vez canalhas! A hora de vocês está chegando!”. Justamente ele, que não se cansa de repetir que o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, um dos assassinos da ditadura, é o seu herói.
Ustra, apenas para lembrar de um episódio, levou os filhos de Amélia Teles, presa nos porões do regime, para que vissem a mãe torturada. Amelinha, como é mais conhecida, estava nua, vomitada e urinada. Seus filhos tinham quatro e cinco anos. A menina perguntou: “Mãe, por que você está azul?”. A mãe estava azul por causa dos choques elétricos aplicados em todo o seu corpo e também nos genitais. Este é o farol de Bolsonaro, o protetor das crianças brasileiras.
Do El País Brasil
Protesto contra o MAM
Manifestantes protestam no MAM em repúdio à apresentação do coreógrafo Wagner Schwartz no dia 30 de setembro  ESTADÃO CONTEÚDO
São Paulo 
Pense. Preste atenção na sua vida. Olhe bem para seus problemas. Observe a situação do país. Você acredita mesmo que a grande ameaça para o Brasil – e para você – são os pedófilos? Ou os museus? Quantos pedófilos você conhece? Quantos museus você visitou nos últimos anos para saber o que há lá dentro? Não reaja por reflexo. Reflexo até uma ameba, um indivíduo unicelular, tem. Exija um pouco mais de você. Pense, nem que seja escondido no banheiro.
Seria fascinante, não fosse trágico. Ou é fascinante. E também é trágico. No Brasil atual, os brasileiros perdem direitos duramente conquistados numa velocidade estonteante. A vida fica pior a cada dia. E na semana em que o presidente mais impopular da história recente se safou pela segunda vez de uma denúncia criminal, desta vez por obstrução da justiça e organização criminosa, e se safou distribuindo dinheiro público para deputados e rifando conquistas civilizatórias como o combate ao trabalho escravo, qual é um dos principais assuntos do país?
A pedofilia.

Psol/DF protocola neste momento (14h18) ação no TJDF para garantir aos pacientes de câncer acesso à radioterapia

Terça, 31 de outubro de 2017
Postagem atualizada às 18h15
 

Do Psol

PSOL - DF, a partir do Setorial de Saúde do partido e em conjunto com o Instituto Autonomia, protocolou hoje 31/10, ação civil pública no TJDFT  para garantir atendimento aos pacientes com câncer no distrito federal que necessitam de radioterapia.

São 8.500 novos casos de câncer por mês no Distrito Federal, doença que é a segunda maior causa de mortalidade por doença no Brasil.

Metade dos pacientes com câncer deveriam ser tratados com radioterapia, e é cada vez maior o número de pessoas que ficam curadas com este tratamento.

No entanto, isso não vem ocorrendo no DF.

Relatório do TCU  em 2011 aponta que a rede de atenção oncológica do DF não estava suficientemente estruturada para assegurar atenção que à população necessita. Em seis anos, a fila de atendimento na radioterapia triplicou.

Reportagem publicada no Correio Braziliense em 16/06/2017, denominada “Ao menos 800 pacientes aguardam radioterapia na rede pública do DF”, informou: Seriam necessários pelos menos 07 (sete) aparelhos – aceleradores lineares – para cobrir, tempestivamente, a demanda dos pacientes com neoplasia que dependem do Sistema Único de Saúde do DF.

“Dos quatro aparelhos disponíveis na rede pública — dois no HBDF e dois no Hospital Universitário de Brasília (HUB) —, apenas um, que fica neste último centro de saúde, funciona. Diante de quebras recorrentes, a troca de peças dos aparelhos, às vezes, envolve procedimentos demorados, ou burocracia exagerada. A licitação pode levar meses. Enquanto isso, mais de 800 pessoas aguardam na fila, com a esperança de iniciar o tratamento o quanto antes."

Em outubro de 2017, os pacientes inscritos no Sistema de Regulação em janeiro de 2017 começaram a ser chamados, após cerca de nove meses de espera.

Além de tudo, o Distrito Federal adota classificação de risco que não atende a critérios científicos e seguros, ignorando, por exemplo, a extensão da doença, a agressividade das células tumorais e as condições gerais do paciente, em especial a expectativa de sobrevida, a morbidade e a qualidade de vida do paciente durante o período de espera no atendimento.


Essa situação tem levado a mortes evitáveis: entre 2000 e 2014 a taxa de mortalidade por câncer no DF aumentou 36%.

Os protocolos internacionais indicam que os casos devem começar o tratamento entre 24 horas (mais agressivos) e 2 meses (menos agressivos).

A Lei Federal 12.732/2012 assegura o tratamento de terapia cirúrgica, radioterapia ou quimioterapia, no Sistema Único de Saúde (SUS), no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, contados a partir do dia em que for firmado o diagnóstico em laudo patológico. Esta lei está sendo sumariamente desrespeitada no DF, e há pessoas que aguardam vários meses até começar o tratamento radioterápico. 


Funaro afirma a juiz que Temer recebeu propina para campanha de 2010

Terça, 31 de outubro de 2017
Felipe Pontes – Repórter da Agência Brasil
O corretor de valores Lúcio Funaro, ex-operador-financeiro do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou a afirmar hoje (31) que o presidente Michel Temer recebeu ao menos R$ 2 milhões em propina por meio de doação oficial para a campanha presidencial de 2010, em que concorreu como vice de Dilma Rousseff.

A informação, que já havia sido adiantada por Funaro na delação premiada que firmou com o Ministério Público Federal (MPF), foi reafirmada nesta terça-feira ao juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, onde tiveram início, na semana passada, os interrogatórios dos réus na ação penal decorrente da Operação Sépsis.

Gilmar Mendes concede liminar que impede transferência de Cabral para presídio federal

Terça, 31 de outubro de 2017
Do Jornal do Brasil
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu nesta terça-feira (31) liminar que impede a transferência do ex-governador Sérgio Cabral para o presídio federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Crise da água: Muitas atividades acontecendo essa semana! 💦🌏💦🌍💦🌎💦Participe!

Terça, 31 de outubro de 2017

9º Batalhão da PM (Gama) comemora 20 anos com evento para a comunidade. Será no dia 10 de novembro

Terça, 31 de outubro de 2017

A programação será aberta à comunidade e contará com apresentações culturais, brinquedos educativos, aferição de pressão, aplicação de flúor, MMA, brincadeiras para toda a criançada, cortes de cabelo e design de sobrancelha. Haverá também apresentação do BPCÃES, Cavalaria da PM e apresentação do Helicóptero da MPDF.

O evento será numa sexta-feira, dia 10 de novembro, das 8 às 12 horas, no 9º Batalhão, Área Especial 02, Setor Sul, em frente da Quadra 5 do mesmo setor.

O petróleo era nosso, o pré-sal é deles

Terça, 31 de outubro de 2017


Helio Fernandes*


Foi uma campanha cívica que emocionou o país. Há 50 anos começou no Clube Militar, glorificou e consagrou a frase imortalizada, O PETRÓLEO É NOSSO. E nem sabíamos se tínhamos mesmo petróleo. Só quem acreditava que existia petróleo de verdade no Brasil, foi o grande Monteiro Lobato. Por causa dessa crença, foi preso inúmeras vezes, depois asilado.



50 anos depois surgiu o pré-sal, uma realidade que colocou o Brasil entre os naturais maiores produtores do mundo. A satisfação desse inédito enriquecimento, empolgou o Brasil. A grande dificuldade era a profundidade. O pré-sal só podia ser retirado entre 3 e 6 mil metros. Já existia pré-sal no mundo. Mas não com o volume espantoso das nossas reservas.

Impedido de fazer show em ocupação do MTST, Caetano participa de ato de solidariedade

Terça, 31 de outubro de 2017
Impedido de fazer show em ocupação do MTST, Caetano participa de ato de solidariedade
Nesta terça, as 6500 famílias acampadas vão marchar por 23 km para exigir que Alckmin ceda terreno ocupado para moradias.

Do Brasil de Fato/Foto: Mídia Ninja
e Portal ContextoExato

Caetano Veloso, Sônia Braga, Criolo, Emicida, Letícia Sabatela e Marina Person participaram do ato; sem-teto realizam marcha nesta terça.

“A proibição do show é absurda, é um ato de censura, é ilegal. Muita gente dentro do judiciário mostra que o preconceito fala mais alto do que a lei”. Essa foi a reação de Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) após a proibição do show que Caetano Veloso realizaria na noite desta segunda-feira (30) em apoio à Ocupação Povo sem Medo, em São Bernardo do Campo, em São Paulo.

Os avós das caricaturas políticas

Eduardo Galeano, no livro 'Os filhos dos dias'.  L&PM Editores, 2ª edição, página 343.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Funaro diz que Temer sabia do esquema de fraudes com Eduardo Cunha na Caixa

Segunda, 30 de outubro de 2017
Do Jornal do Brasil

O doleiro Lúcio Funaro disse, em mais um depoimento de sua delação premiada ao Ministério Público Federal (MPF), que o presidente Michel Temer tinha pleno conhecimento do esquema de fraudes e desvios do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS) da Caixa Econômica Federal, durante a gestão do então vice-presidente do banco Fábio Cleto, aliado do ex-deputado Eduardo Cunha.

Policiais civis do DF fazem assembleia com indicativo de greve nesta terça-feira

Segunda, 30 de outubro de 2017
Policiais civis do DF fazem assembleia com indicativo de greve nesta terça-feira

Sinpol-DF // Portal ContextoExato
Convocada pelo Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF), a categoria definirá, na ocasião, novas ações pela manutenção da paridade salarial com a Polícia Federal e novas mobilizações, incluindo um indicativo de greve.

Por uma frente de esquerda socialista, para unir os trabalhadores e derrotar o projeto da burguesia!

Segunda, 30 de outubro de 2017
É necessário enfatizar que as maiores empresas do país são as principais responsáveis pela corrupção, seus diretores são os principais corruptores e não apenas o lumpesinato político que os noticiários apontam diariamente
imagem 

Do site do PCB
A crise política brasileira se agrava a cada dia com a emergência de uma conjuntura típica dos períodos em que o velho ciclo está morrendo e o novo ainda não se consolidou. Nesse intervalo, aparecem os fenômenos mais bizarros, as aberrações inesperadas e os fatos mais imponderáveis, como o renascimento do fascismo, do fundamentalismo religioso, os pronunciamentos de militares da ativa e da reserva querendo a volta da ditadura militar, além de grupos de extrema direita reivindicando a intervenção das Forças Armadas para resolver a crise e realizando ações obscurantistas, invadindo salas de aula, bem como realizando censura a manifestações artísticas em várias regiões do país.

Mortes causadas por policiais crescem 25,8% em 2016

Segunda, 30 de outubro de 2017
Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil
Dados do Anuário Brasileiro da Segurança Pública mostram que 4,2 mil pessoas foram mortas por policiais militares ou civis em 2016Tânia Rêgo/Arquivo Agência Brasil 
As mortes causadas por policiais em serviço e de folga subiram 25,8% em 2016 em relação ao ano anterior, segundo o Anuário Brasileiro da Segurança Pública divulgado hoje (30). De acordo com o levantamento, foram registrados 4,2 mil homicídios por policiais militares e civis no ano passado. Entre 2009 e 2016, chega a 21,9 mil o número de pessoas que perderam a vida por ação de agentes dessas corporações.

“A minha voz é a minha vida. É como consigo me comunicar”, diz Mariene de Castro; Ela estará hoje (30/10) na TV Brasil

Segunda, 30 de outubro de 2017

============
Da Agência Brasil




A cantora Mariene de Castro, no programa Conversa com Roseann Kennedy - Foto TV Brasil
A cantora Mariene de Castro, no programa Conversa com Roseann Kennedy - Foto TV BrasilTV Brasil
Reconhecida como uma das principais revelações da música brasileira dos últimos anos, a cantora baiana Mariene de Castro tem verdadeira intimidade com o palco. Ela começou cedo na carreira e, aos 5 anos, já dançava no Teatro Castro Alves, em Salvador. Na adolescência, cantou com o grupo Timbalada, de Carlinhos Brown. Em 96, quando fez seu primeiro show solo, no Pelourinho, foi convidada para uma turnê por 20 cidades da França.

Com mais de 61 mil assassinatos, Brasil tem recorde de homicídios em 2016

Segunda, 30 de outubro de 2017
Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil
 
O Brasil registrou 61,6 mil mortes violentas em 2016, de acordo com o Anuário Brasileiro da Segurança Pública divulgado hoje (30). O número, que contabiliza latrocínios, homicídios e lesões seguidas de morte, representa um crescimento de 3,8% em comparação com 2015, sendo o maior patamar da história do país. Em média, foram contabilizados 7 assassinatos por hora. Com o crescimento do número de mortes intencionais, a taxa de homicídios no Brasil por 100 mil habitantes ficou em 29,9.

MPDFT ajuíza ação de improbidade contra diretores de escolas públicas em Santa Maria

Segunda, 30 de outubro de 2017
Do MPDF
Escolas deixaram de receber quase R$ 250 mil por falta de prestação de contas

A 3ª Promotoria de Justiça Regional de Defesa dos Direitos Difusos (Proreg) ajuizou, em 24 de outubro, ação de improbidade administrativa contra cinco diretores de instituições de ensino de Santa Maria. Eles são acusados de não apresentar as contas relativas a suas gestões, o que levou três escolas da cidade a ficar inadimplentes no Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). Por esse motivo, as três unidades de ensino deixaram de receber R$ 247.620 mil para a melhoria da qualidade do ensino.

Criminologia dos indesejáveis

Segunda, 30 de outubro de 2017
Siro Darlan, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e Membro da Associação Juízes para a Democracia.

O ódio está no ar. Hoje qualquer reação das minorias diante do poder de coação e criminalização dos hipossuficientes são tidas como absurdo. Foi o que aconteceu quando do anúncio do Congresso de Criminologia, Direito e Processo Penal retratado na arte de Carlos Latuf com o Estado Policial espancando um trabalhador. A reação foi de condenação à interpretação artística dessa violência real e inegável contra o povo pobre da periferia, os negros, gays e lésbicas. Quem matou Patrícia Acioly com 21 tiros? Quem matou Amarildo? A primeira representando o estado comprometido com o direito a exigir o respeito às leis e o segundo representando a opressão que sofre o povo trabalhador.

 

Redução de recursos da Funai no último ano representa retrocesso em políticas para indígenas no Brasil, defende MPF na CIDH

Segunda, 30 de outubro de 2017
O Ministério Público atribuiu a paralisação de demarcações territoriais ao esvaziamento do órgão

Redução de recursos da Funai representa retrocesso em políticas para indígenas no Brasil, defende MPF na CIDH
Foto: Eduardo López/CIDH 
 Do MPF
“A precarização dos recursos humanos e materiais da Funai impede o avanço da demarcação dos territórios indígenas, especialmente no centro-sul do país, onde há um evidente cenário de tensão étnica, exposta em execuções extrajudiciais de lideranças indígenas e demonstrações cotidianas de racismo privado e institucional”. A crítica aos cortes na estrutura da Fundação Nacional do Índio (Funai) foi feita pelo procurador da República, Marco Antônio Delfino, durante a mesa “Situação de direitos humanos dos povos indígenas no Brasil”.

Contran determina a identificação de agente de trânsito que aplicou multa

Segunda, 30 de outubro de 2017
Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil
Para especialistas, a legislação de trânsito ainda é insuficiente para reduzir os acidentes com mortes
Objetivo das medidas é aumentar a transparência e permitir a ampla defesa, segundo o ContranArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil
Quem for multado e quiser identificar o agente de trânsito que aplicou a penalidade poderá buscar essa informação na internet. Listas com os códigos e nomes dos agentes e autoridades de trânsito que atuam na fiscalização e são responsáveis por autuação de infrações deverão estar disponíveis na internet para pesquisa.

Psol entra ao meio-dia desta terça (31/10) com ação judicial contra o GDF para garantir aos pacientes acesso a tratamento de câncer

Segunda, 30 de outubro de 2017
Do Psol

São 8.500 novos casos de câncer por mês no Distrito Federal, doença que é a segunda maior causa de mortalidade por doença no Brasil. 

Metade dos pacientes com câncer são tratados com radioterapia, e é cada vez maior o número de pessoas que ficam curadas com este tratamento. 

Os protocolos internacionais indicam que os casos devem começar o tratamento entre 24 horas (mais agressivos) e 2 meses (menos agressivos).

Os marcianos estão chegando!

Outubro
30
Eduardo Galeano, no livro 'Os filhos dos dias'.  L&PM Editores, 2ª edição, página 342.

domingo, 29 de outubro de 2017

A crise da água no DF e Entorno

Domingo, 29 de outubro de 2017
Publicado originariamente na Revista Vírus
Por Thiago Ávila*
Vivemos uma época de grande crise civilizatória, onde a humanidade ainda não conseguiu, em seu conjunto, superar um modelo econômico que coloca o lucro acima da vida, gera profundas desigualdades e uma destruição sem precedentes do meio ambiente, colocando em risco a própria existência de vida na Terra. Os efeitos da ação humana no planeta em todas as suas vertentes, sendo a principal o aquecimento global, já são considerados pelos cientistas como uma mudança de era geológica: por conta de nossas ações desde a primeira Revolução Industrial, levamos o planeta Terra ao período denominado “Antropoceno”, onde a instabilidade dos ecossistemas, a escassez e o desastre ambiental planetário tornam-se desafios chave cotidianos para a manutenção da vida.
Neste contexto, a crise planetária da água é objeto de grande destaque. A desestabilização dos ciclos hidrológicos, a poluição e a apropriação privada por grandes corporações negam a uma enorme parcela da população o acesso à água potável e saneamento, ao mesmo tempo que a falta de um controle social impede que seja construída uma alternativa que realmente consolide a água como um bem comum de direito dos povos e da natureza. Além da ganância insaciável das grandes corporações do setor, o imperialismo busca consolidar sua hegemonia se apossando de grandes reservas de água ao redor do mundo e derrubando todas as barreiras sociais e de soberania nacional que encontram em seu caminho. É esperado que a água seja uma das principais fontes de conflitos no planeta ao longo deste século.
O Brasil é o alvo da vez
Se a água ganha centralidade na geopolítica mundial, o Brasil torna-se ainda mais estratégico para o capitalismo. O país que detém a maior reserva de biodiversidade do planeta, que assumiu ao longo da história um papel na divisão internacional do trabalho de exportador primário de commodities e vive um momento de agressiva retirada de direitos da população e espoliação da natureza, tornou-se um dos grandes centros deste conflito civilizatório. Todos os dias, o governo ilegítimo de Michel Temer, o presidente mais impopular no mundo e na história do país, faz negociatas com a bancada ruralista e outros setores para sua manutenção no cargo, rifando direitos socioambientais e privatizando nossos biomas, consolidando a destruição do meio-ambiente pelo agronegócio, a mineração e a especulação imobiliária nas cidades e colocando nosso país à beira do colapso social e ambiental.

DER-DF faz a festa do quiosque no Park Way

Domingo, 29 de outubro de 2017
Do Blog Brasília, por Chico Sant'Anna
Administração Regional e Agefis dizem que nada podem fazem pois a área é de competência do Departamento de Estradas e Rodagens.
Coincidência ou conseqüência, o certo é que dias depois de assinar dois decretos que regulamentam as Leis nº 4.748, de 2012, e nº 4.257, de 2008, que tratam do funcionamento de feiras e quiosques no Distrito Federal, um verdadeiro shopping de quiosques e barracas começou a se instalar na margem direita da EPIA Sul, em frente a Estação Park Way do BRT.
Sem qualquer estudo técnico, as margens da EPIA em frente a estação Park Way do BRT está recebendo entulhos para aterro. Troncos de árvores são utilizados como sustentação.
A Estação é local de integração com diversas outras linhas inclusive algumas que se dirigem ao Entorno. Em frente a parada do BRT existe uma parada de ônibus de linhas normais. Além de ônibus é grande a presença ali de veículos utilizados no transporte pirata.
O afluxo de gente que passa por lá é grande e os ambulantes não querem perder negócio. Engana-se quem pensa que os quiosqueiros estão irregulares. Moradores acionaram a Administração Regional, que por sua vez pediu a fiscalização da Agefis, que constatou a emissão de autorização das barracas pelo superintendente de Operação substituto do DER-DF, Vitor Cesar Batista Aveiro.

Congresso do PSOL gaúcho aprova nome de Luciana Genro à presidência da República

Domingo, 29 de outubro de 2017
Do site de Luciana Genro
PSOL gaúcho indica que o partido debata nacionalmente o nome de Luciana Genro para a presidência da República | Foto: Samir Oliveira
O VI Congresso Estadual do PSOL-RS aprovou neste domingo (29/10) indicar o nome de Luciana Genro como pré-candidata do partido à presidência da República nas eleições de 2018. A resolução será levada à discussão no Congresso Nacional do PSOL, que ocorre nos dias 2 e 3 de dezembro na cidade de Luziânia, em Goiás.

Planaltina fez neste domingo (29/10) a primeira Assembléia Popular da Água. Amanhã, segunda (30/10), será a vez do Gama, às 18h na Rodoviária

Domingo, 29 de outubro de 2017 

Da
Assembleia Popular da Água 💦💦💦
Neste domingo (29/10) movimentos sociais, ambientalistas, coletivos culturais e cidadãos indignados com a crise da água na região de Planaltina conversaram sobre uma saída popular e coletiva para a falta de água, a preservação das nascentes, rios e cerrado e a falta de ação dos governos para combater os danos causados pelo agronegócio, a especulação imobiliária e a grilagem de terras públicas e de áreas de preservação ambiental.


A partir desse debate, a assembleia popular da água traçou uma série de encaminhamentos:


* Realizar ações de preservação das nascentes, matas ciliares e rios, denunciando as violações;


* Mapear todas as nascentes da região;


* Fazer um dossiê com todas as violações que estão acontecendo na região;


* Criar um panfleto com as violações e convidando as pessoas para contribuir com a mobilização;


* Realizar atividades com a juventude, a comunidade e a Universidade de Brasília;


* Realizar uma Grande Assembleia Popular da Água em Planaltina em algumas semanas;


* Participar da Marcha Mundial do Clima dia 1 de novembro às 9 horas no Congresso Nacional;


* Participar do Festival Pororoca no próximo domingo no Santuário dos Pajés;


* Participar das mobilizações para construir o Fórum Alternativo Mundial da Água;


* Divulgar e participar das próximas atividades da Assembleia Popular da Água;


* Mobilizar a região para criar o Território Cidadão e Ecológico de Água Emendadas;


Amanhã será a vez do GAMA! Acompanhe as demais atividades durante a semana! 🌏🌍🌎


#ÁguaÉDireitoNãoMercadoria
#SOSCerrado
#CriseDaÁgua
#AssembleiaPopularDaÁgua
#FórumAlternativoMundialDaÁgua
#NaciónPachamama
💦💦💦💦💦💦💦

*********************

Nesta segunda-feira, amanhã (30/10), a Roda de Conversa sobre a crise da água no DF e Entorno será na Rodoviária do Gama, às 18 horas. Compareça!!!



Temer no Sírio-Libanês e o povo na fila do SUS, esperando atendimento

Domingo, 29 de outubro de 2017
“Ninguém é igual ao outro perante a lei. Haverá distinção de múltiplas naturezas, que não garantirão aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.
 
Da Tribuna da Internet
 

Resultado de imagem para sirio-libanes
Cliente vip chega ao hospital de helicóptero

Jorge Béja
Eu quero e todos querem que Michel Temer fique cem por cento curado. Que volte ao exercício da Presidência. Que viva ainda muitos anos. No mínimo mais uns 20 para que possa ver crescer seu pequeno filho, e, quem sabe, engravidar sua esposa Marcela e de seu ventre fazer brotar e vir à luz outro Michelzinho e muito mais. Que Temer esteja firme, inteiro, com saúde perfeita, para enfrentar, também, as denúncias e responder pelas práticas de crimes comuns que a procuradoria-geral da República apresentou ao Supremo Tribunal Federal contra ele e Temer conseguiu impedir, na Câmara dos Deputados, que as denúncias fossem examinadas pela Suprema Corte, ao menos enquanto exercer a presidência. Temer comprou os votos suficientes dos deputados calhordas e escapou pela segunda vez.

O povo brasileiro é de boa índole. É sentimental. É solidário, mormente na enfermidade, na dor. E ninguém deseja que o presidente morra. Ou que fique inválido para o trabalho e deixe o cargo antes do tempo. Ele precisa estar vivinho da silva para enfrentar o futuro, próximo e remoto.