Imprensa é oposição. O resto é armazém de secos e molhados."

(Millôr Fernandes)

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

DF é condenado a indenizar familiares de jovem que teria sido morto por policiais

Sexta, 31 de janeiro de 2020
Do TJDF

O Distrito Federal terá que indenizar os familiares de um jovem cuja morte é atribuída a cinco policiais militares. Além da indenização por danos morais, o DF terá também que pagar pensão ao filho e à companheira da vítima. A decisão é da 1ª Vara da Fazenda Pública do DF.

Operação Genebra. ONGs, OSs, Oscips, Argh! MPDFT consegue a condenação de dois ex-gestores da Cruz Vermelha

Sexta, 31 de janeiro de 2020
Condenados atuaram ilegalmente para ter benefício econômico na contratação

Do MPDF

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) obteve a condenação de Luiz Alberto Lemos Sampaio, ex-presidente da Cruz Vermelha do Rio de Janeiro, e de Richard Strauss Cordeiro Júnior, ex-gestor da instituição em Petrópolis. Eles atuaram ilegalmente para favorecer a filial de Petrópolis em procedimento licitatório realizado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal que escolheu a instituição para administrar Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de São Sebastião e do Recanto das Emas. A decisão é de 16 de janeiro.

Guedes e Moro são faces do mesmo Bolsonaro, goste ou não a grande mídia

Sábado, 31 de janeiro de 2020
Por

Trata-se de farsa ideológica e ética a grande imprensa brasileira tentar apresentar-se como isenta e independente face ao governo Bolsonaro, quando, de fato, o apoia, como apoiou o golpe de 1964 e a era Campos-Bulhões-Delfim, como apoia todo governo de força que promova o império do capital, efetivo condutor de seus movimentos. E é este, exatamente, o regime de nossos dias, a aliança antipopular neoliberal e ao mesmo tempo autoritária que assegura a absoluta liberdade do mercado e impõe restrições aos direitos civis, às liberdades e aos interesses dos trabalhadores. Nesse regime, que ajudou a implantar (desde a preparação do impeachment), o papel da grande mídia é o de legitimadora, junto às grandes massas, dos interesses da classes dominante, promovendo a sistemática distorção da realidade, a construção do falso como substituto do real. Critica em editoriais os excessos autoritários do capitão, no mesmo tom em que se dedica à defesa da “pauta Guedes” e entoa odes e loas ao ex-juiz feito ministro como recompensa aos seus deslizes na Lava Jato, buscando passar para a população a falsa imagem de que estamos diante de entidades distintas, e não de duas faces da mesma moeda. Repete e amplia essa falsa percepção como se reproduzisse a realidade. Ora, esses personagens, e seus projetos, são inseparáveis e interdependentes como vasos comunicantes.

DF deve recategorizar unidades de conservação e evitar riscos ambientais

Sexa, 31 de janeiro de 2019
Do TJFD

A Vara de Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário do DF determinou que o Distrito Federal providencie, no prazo de 150 dias, a execução do Plano de Recategorização das Unidades de Conservação. Considerado como essencial para definir o potencial de preservação e a melhoria de gestão das áreas ambientalmente protegidas do DF, o plano, segundo a decisão, deve ser implementado com base nas diretrizes do Parecer Técnico do Instituto Brasília Ambiental - IBRAM nº 500.000.001/2014.

Juiz determina transferência da Zoonose para local distante do Hospital da Criança

Sexta, 31 de janeiro de 2020
Do TJDF

O juiz titular da Vara de Meio Ambiente do Distrito Federal determinou que o Distrito Federal transfira as instalações da Diretoria de Vigilância Ambiental – DIVAL, para local distante do Hospital da Criança de Brasília, no prazo de 1 ano, sob pena de multa no valor de R$ 50 mil por dia de atraso, limitada ao montante de R$ 5 milhões.

MPDFT convoca para 18 de fevereiro audiência pública para tratar transparência no transporte coletivo

Sexta, 31 de janeiro de 2020
Do MPDF

Promotoria quer ouvir representantes da sociedade civil organizada e interessados sobre a fixação das tarifas e pagamentos realizados às empresas concessionárias

Agroglifos intrigam moradores do Park Way, DF

Sexta, 31 de janeiro de 2020
Do Blog Brasília, por Chico Sant'Anna


Marcas nos gramados lembram às encontradas em Prudentópolis (PR), semelhantes às de Nasca, no Peru, popularizadas na obra Eram os Deuses astronautas?

Por Chico Sant’Anna
Os moradores da Quadra 15 do Park Way se depararam com uma estranha interferência nos gramados que margeiam a longa via que conduz à Vargem Bonita. Teriam alienígenas descido no bairro e deixado agroglifos? Marcas semelhantes às encontradas em Prudentópolis (PR) e que nos remetem ao filme Sinais, no qual o diretor diretor M. Night Shyamalan, trata de agroglifos deixados em plantações de milho nos Estados Unidos. Os mais antigos, com certeza, vão trazer a memória Nasca, no Peru, cujas marcas gigantescas foram popularizadas na obra Eram os Deuses astronautas?, de Erich von Däniken?


quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

TJRJ assegura escolta para mais de 20 juízes ameaçados por milicianos

Quinta, 30 de janeiro de 2020
Proteção da integridade dos magistrados é tarefa de vara especializada

Por Léo Rodrigues - Repórter da Agência Brasil  Rio de Jane

Pelo menos 22 magistrados do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) passaram a andar escoltados depois de receber ameaças de milicianos.

Pelo menos 22 magistrados do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) passaram a andar escoltados depois de receber ameaças de milicianos.

OMS declara estado de emergência global em razão do coronavírus

Quinta, 30 de janeiro de 2020
Na China foram contabilizados 7,7 mil casos e 170 óbitos

Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil  Brasília
A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou estado de emergência global em razão da disseminação do coronavírus. A entidade fez o anúncio à imprensa em sua sede, em Genebra, na Suiça, após uma reunião com especialistas.

Até o momento, foram contabilizados 7,7 mil casos e 170 mortes na China, principal local de multiplicação do vírus. Em outros 19 países, já foram registrados 98 casos. No Brasil, o Ministério da Saúde investiga nove casos suspeitos.

Mãe de quilombola morto em 2017 pede ajuda ao MPF para esclarecer assassinato do filho.

Quinta, 30 de janeiro de 2020
Do MPF
Assassinos de Binho do Quilombo e de outros 19 quilombolas mortos entre 2013 e 2017 permanecem impunes
Foto mostra as quilombolas de frente, ao lado esquerdo da imagem, e o subprocurador-geral da República e coordenador da 6CCR, Antonio Bigonha, à direita, de costas
Foto: Zeca Ribeiro/Secom/PGR
O aumento da violência e a impunidade de crimes praticados contra quilombolas no Brasil foi pauta de reunião realizada na Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR/MPF) nessa quarta-feira (29), em Brasília. Bernadete Pacífico, da Comunidade Quilombola Pitanga dos Palmares, localizada na cidade de Simões Filho, região metropolitana de Salvador (BA), pediu ajuda do órgão para esclarecer o assassinato de seu filho, Binho do Quilombo, ocorrido em setembro de 2017.

Ministério Público de olho na propaganda de administradores

Quinta, 30 de janeiro de 2020

Vídeos estão na mira do Ministério Público. Nesse, o administrador do Gama, José Elias, é o próprio garoto propaganda do vídeo publicitário que divulga as obras da gestão dele.
======================

Do Blog Brasília, por Chico Sant'Anna
Cresce a prática de propagandas personalizadas de gestores do GDF. Até mesmo fotos do governador Ibaneis Rocha vem sendo divulgada em peças publicitárias nas redes sociais.

A Promotoria informou a essa coluna que já “tomou conhecimento de alguns vídeos nos quais administradores aparecem em divulgações institucionais que mostram as ações do governo pelas regiões” e que os está avaliando para “eventual instauração de procedimento para apuração de possível ato de improbidade administrativa por violação ao princípio da impessoalidade”
Por Chico Sant’Anna
Gestores do governo do Distrito Federal empolgados em divulgar seus feitos precisam ficar atentos. A Promotoria Regional de Defesa dos Direitos Difusos (Proreg/MPDFT) está verificando com lupa se não está ocorrendo excessos ou mesmo ilegalidades nessas divulgações.
Q Constituição Federal determina, em seu artigo 37, que a “publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos”. Apesar disso, vários gestores, em especial administradores regionais e até secretários, estão produzindo vídeos e cards – espécie de santinhos eletrônicos – com seus nomes e retratos para divulgar nas redes sociais os seus feitos.

‘Tempo faz esquecer tudo, menos o Holocausto’, diz sobrevivente no Rio de Janeiro

Quinta, 30 de janeiro de 2020
Da ONU Brasil
Freddy Siegfried Glatt nasceu em Berlim, na Alemanha, em 1928. Após a ascensão do regime nazista, perdeu seus dois irmãos mais velhos e avós maternos, assassinados no campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau, na Polônia ocupada.
Em 1947, conseguiu fugir com a mãe para o Brasil, onde reconstruiu sua vida. Hoje, aos 92 anos, ele contou sua história em cerimônia para o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, realizada na terça-feira (28), no Rio de Janeiro (RJ).


“Há um ditado que diz que o tempo faz esquecer. Isso se aplica a tudo, menos à lembrança do Holocausto”, disse Glatt na presença de mais de 100 pessoas no evento organizado por Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), Consulado Geral da Alemanha e Federação Israelita do Rio de Janeiro (FIERJ) no Centro Cultural da Justiça Federal.
Atual presidente da Associação dos Sobreviventes do Holocausto do Rio de Janeiro, Glatt já relatou em centenas de palestras como superou as barbáries do genocídio. Em 2018, lançou o livro “Roubaram minha infância”.

Na China, relação de mortos com coronavírus e a população

Quinta, 30 de janeiro de 2020
Por
Helio Fernandes*
O número de mortos e a população. A Organização Mundial da Saúde, (ONU) considerou que a tragédia não exige ALERTA total, por enquanto é localizada na CHINA. Naturalmente é preciso cuidado e atenção. A China tem tradição milenar de doenças exóticas.

Até agora são 106 mortos, numa população de 1 BILHÃO, 500 MILHÕES de habitantes. Resolvi fazer um levantamento da percentagem dos mortos e a população. Sem maquininha, google, só trabalho, 3 horas e 18 minutos, cheguei à seguinte percentagem, em números: "0, mais 14 zeros, outro 1" está estabelecida a TRANQUILIDADE, por enquanto.

PS- Em 1919, terminada a primeira guerra mundial, surgia a espantosa e MORTAL gripe espanhola. Centenas de milhares, morreram no mundo todo. O Rio, longe de tudo, ficou com as ruas cobertas de cadáveres. 100 anos depois, nenhuma explicação.

PS2- O Rio, longe da guerra, ficou com as ruas, cobertas de cadáveres.

DOIS DELFINS, (LEVINSON E ANTÔNIO )

foram manchetes nas Últimas horas ou dias.

Viveram e sobrevieram em escândalos. Levinson chegou a ludibriar 3 milhões de pessoas, acumulando fortuna enorme. Fundou uma Universidade, (deliberadamente com C,) morreu ontem, depois de completamente empobrecido.

Distrital João Cardoso apresentou nesta quarta (29/1) projeto de lei instituindo a "Avenida do Lazer no Gama", na avenida que passa pela frente da Administração Regional

Quarta, 29 de janeiro de 2020
Gama poderá ter a sua rua de lazer exatamente no espaço que a maioria da população quer, na Avenida Wagner Piau*, a que vai do balão do antigo SuperMaia até o balão da Feira Permanente do Gama, ao lado do Centro de Saúde 8. O projeto de lei foi apresentado na tarde de ontem, quarta (29/1), pelo distrital João Cardoso (do Avante). A avenida, segundo o projeto de lei, ficará liberada para a população aos domingos e feriados das 6 horas às 18 horas.

Na justificação do projeto, o distrital João Cardoso ressalta que o tal projeto "tem por finalidade assegurar maiores e melhores opções de lazer para a comunidade do Gama, por meio da criação de uma avenida destinada exclusivamente ao lazer e entretenimento, tal qual ocorre há anos com os Eixos Rodoviários de Brasília (Norte e Sul), que aos domingos e feriados, das 6h às 18h, são transformados no "Eixão do Lazer...".

Assinala ainda na justificação: "Há que se ressaltar, com o fim de fazer justiça, que a ideia de transformar a Avenida Vagner Piau de Almeida em local de lazer e entretenimento aos domingos e feriados é da própria comunidade do Gama, sendo que esse tema foi largamente debatido pela população por meio da mídia da cidade, propugnando os debatedores em sua grande maioria pela criação da "Avenida de Lazer do Gama", a qual servirá para atender a pessoas de todas a faixas etárias, sem qualquer distinção."

Bem, agora cabe à população da cidade pressionar para que TODOS os deputados distritais aprovem tal projeto de lei, e com a maior urgência. 

Veja a seguir cópia do projeto de lei apresentado ontem à CLDF.

Dê um clique sobre as imagens abaixo para melhor visualizá-las 


===================
*A Avenida Vagner Piau de Almeida foi instituída pela Lei nº 1.555, de 15 de julho 1997, com o fim de homenagear o primeiro gerente do BRB no Gama, o qual presidiu, ainda, a Associação Comercial da cidade, foi membro do Rotary Club e participou efetivamente de vários movimentos em defesa do Gama.

A catapulta

Janeiro
30

A catapulta

Em 1933, Adolf Hitler foi nomeado primeiro-ministro da Alemanha. Pouco depois, celebrou um ato imenso, como correspondia ao novo dono e senhor da nação.
Modestamente, gritou:
—Eu estou fundando a Era da Verdade! Desperta, Alemanha! Desperta!, e os rojões, os fogos de artifício, os sinos das igrejas, os cânticos e as ovações multiplicaram os ecos.
Cinco anos antes, o partido nazista havia conseguido menos de três por cento dos votos.
O salto olímpico de Hitler rumo ao topo foi tão espetacular como a simultânea queda, rumo aos abismos, dos salários, dos empregos, da moeda e de todo o resto.
A Alemanha, enlouquecida pelo desmoronamento geral, desatou a caça aos culpados: os judeus, os comunistas, os homossexuais, os ciganos, os débeis mentais e os que tinham a mania de pensar além da conta.
Eduardo Galeano, no livro 'Os filhos dos dias',
2ª edição, ano 2012, página 44, L&PM Editores.
------------------------------
Imagem Wikipédia

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Pacotão leva Queiroz para a avenida

Quarta, 29 de janeiro de 2020
Do Blog Brasília, por Chico Sant'Anna


Ao longo de sua história, dentre as diversas rusgas com o poder, uma passagem marcou claramente o incômodo que o Pacotão exerce sobre os mandatários. Em pleno governo de José Sarney, com composição de Pelágio Gondim, o Pacotão ironizou a interferência do Planalto na exibição do filme Je vu salue, Marie, de Jean-Luc Godard.
Por Chico Sant’Anna
Pelo segundo carnaval consecutivo, o governador Ibaneis Rocha não será lembrado no samba enredo do Pacotão. Um feito importante. Seu antecessor, Rodrigo Rollemberg, já no primeiro carnaval, em 2015, foi musa inspiradora dos pacoteiros na marchinha Enrola um Beck, que fazia menção a falta de iniciativa do GDF sob sua gestão. O sucesso mesmo foi em 2017, com Banho tcheco, referência ao racionamento d’água. Na era Ibaneis, o primeiro desfile teve Lula Livre como tema. E nesse ano, quem vai entrar na W.3 pela contramão é o Queiroz – Fabrício Queiroz, tido como o homem dos números da família Bolsonaro.

CHINA: GUERRA BIOLÓGICA NA GUERRA HÍBRIDA

Quarta, 29 de janeiro de 2020
Por
Pedro Augusto Pinho
A Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) informa no seu site, em 29/01/2020, 06h15min: “Autoridades chinesas informam que até o momento, 132 pessoas morreram em decorrência do surto de coronavírus. O número de infecções confirmadas já chega a 5.974, com mais de mil pessoas em estado grave. A situação parece estar piorando cada vez mais no epicentro do surto, a cidade de Wuhan, que foi isolada. Autoridades da região dizem que hospitais estão lotados, com milhares de pacientes.

Cientistas estão correndo contra o tempo para encontrar um medicamento. Autoridades sanitárias em Pequim planejam tratar pacientes com dois remédios utilizados no combate à AIDS. Médicos chineses afirmam, em uma publicação britânica, que esses medicamentos tiveram sucesso no combate a outro coronavírus, a SARS, ou Síndrome Respiratória Aguda Grave”.

Já, alarmista, o site “State of the Nation (USA)”, postado em 26/01/2020, comunica, em tradução livre: “Às 17h30, horário do leste dos Estados Unidos da América (EUA), sexta-feira, 24 de janeiro de 2020, cerca de 46 milhões de pessoas em 16 cidades da China estão sob quarentena, à medida que um novo vírus se espalha como fogo, matando centenas de milhares. Ninguém pode entrar ou sair das cidades envolvidas”.

É a guerra híbrida em movimento.

Mas todos perguntam: o que está acontecendo?

Antes de transcrever depoimentos e outras notícias façamos breve recapitulação de eventos que vem ocorrendo no mundo, desde o momento que as finanças internacionais assumiram o controle da economia e de diversos governos nacionais, com sua ideologia neoliberal. Isto ocorreu a partir do final da década de 1970 e está vinculado às decisões para desregulação das atividades bancárias e finanças, para liberdade total das ações dos entes financeiros, para as privatizações e esta estupidez de Estado Mínimo, ou seja, de uma estrutura incapaz de defender o próprio País e sua população.

De início, notamos que os paraísos fiscais, países ou localidades onde o dinheiro entrava e saia sem qualquer controle e anonimamente, eram poucos, contavam-se nos dedos, sendo a Suíça, Andorra e Mônaco, além de ilhas sob o domínio britânico, alguns destes poucos. Hoje se contam às centenas, beiram o milhar, inclusive quatro estados dos EUA: Dakota do Sul, Delaware, Nevada e Wyoming.

Qual a consequência disso? Uma avalanche de dinheiro de origem ilícita, do tráfico de drogas, venda de pessoas, de órgãos humanos, além do contrabando de armas, está por trás das empresas, dos governos, desta maré irrefreável de corrupção que corre o mundo. Os denominados fundos de gestão de ativos concentram algumas vezes o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA, o maior do mundo.

E o que tem o coronavirus com isso?

O neoliberalismo é também neomalthusiano, ou seja, com a permanente concentração de renda, um objetivo e consequência das políticas neoliberais passa a ser o das pessoas ficarem descartáveis e de manutenção muito cara para o que produzem. Como manter milhões de seres humanos se apenas poucos milhares serão capazes de produzir o suficiente para mover esta roda da concentração de renda. Recordem o surgimento da AIDS, um erro de programação que logo encontrou resposta farmacêutica, pois atingia a área cercada dos super-ricos. Mas o ebola, circunscrito à África, continua a fazer sua matança.

Não há, ainda, embora brevemente se venha saber, a indicação de que laboratório saiu o coronavírus. Mas sua aplicação na China é mais do que o indicativo da origem neoliberal, estadunidense, ou melhor, israelo-anglo-estadunidense para sua pesquisa e produção.

Este contexto neoliberal vem sofrendo todo tipo de derrota, seja para países (Rússia, Irã, China), seja com o desenvolvimento eurasiático, ou para os “terroristas/desafetos”: no campo militar (Síria), no campo comercial (China), no campo tecnológico (armas russas). As ações terroristas do maior Estado terrorista do Planeta, os EUA, desmoralizaram as tentativas voltadas para imputar aos islâmicos ou árabes, em geral, esta exclusividade.

Existem, portanto, sérios indícios de que se trata de uma guerra bacteriológica, no contexto da guerra híbrida que corre o globo terrestre (apesar da Terra ser plana, apud Olavo de Carvalho).

Em 28/01/2020, a BBC Brasil informou: “A cidade de Wuhan, na China, epicentro da epidemia do coronavírus, quer construir um novo hospital em apenas seis dias. A unidade, com capacidade de mil leitos, é uma de duas instalações específicas para tratar os pacientes do vírus mortal e que devem ser entregues no início de fevereiro. O sistema de saúde de Wuhan, cidade com 11 milhões de habitantes, está atualmente sobrecarregado com as demandas relacionadas ao vírus. Até agora, há cerca de 3 mil casos confirmados coronavírus na China, e mais de 80 pessoas já morreram”
O canal russo RT divulga (29/01/2020), e transcrevemos parcialmente, em tradução livre: "Sabemos que não se pode confiar nos governos para fornecer informações em tempo hábil", disse Kamran Khan, fundador e CEO da BlueDot, administrador do uso da inteligência artificial para "coletar notícias de possíveis surtos e pequenos rumores de blogs e fóruns como uma indicação de que algo incomum está acontecendo”. Depois que a filtragem automatizada de dados é concluída, a análise humana assume o controle, diz Khan, médico especialista em doenças infecciosas e em saúde pública. Assim, os epidemiologistas confirmam que as conclusões do algoritmo fazem sentido do ponto de vista científico e, posteriormente, um relatório é enviado aos governos, empresas e clientes. Dessa forma, as autoridades de saúde pública de uma dúzia de países, bem como as companhias aéreas e os hospitais de primeira linha, recebem relatórios do BlueDot”.

E concluíram que Bangcoc, Seul, Taipei e Tóquio, foram cidades que confirmaram a existência da doença gerada pelo coronavírus.

Configura-se nova AIDS? Quando chegar ao Atlântico Norte, aos países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e seus objetivos anti-humanos, desencadear-se-á frenética busca de solução para a doença? Mas haverá tempo? Por enquanto ainda temos mais perguntas do que resposta, mas sabemos que não é o mordomo o assassino.

Pedro Augusto Pinho, avô, administrador aposentado

GAMA: NOTA DE REPÚDIO ÀS DECLARAÇÕES DO SR. ALEXANDRE DOS SANTOS, VULGO GELÉIA

Quarta, 29 de janeiro de 2020

Declaramos o nosso total repúdio às declarações emitidas pelo empresário Alexandre dos Santos, também conhecido como Geleia, no grupo de WhatsApp “De Olho no Gama”, em que o mesmo comenta sobre a manifestação ocorrida no Gama no dia 18/01/2020, contra o aumento das passagens. O evento contou com a presença do governador Ibaneis Rocha. Geleia declarou que na época em que era assessor político, aquele tipo de manifestação não aconteceria, insinuando inclusive que capangas deveriam ser contratados para impedir protestos futuros, numa clara incitação à violência política.

Na sequência de áudios que podem ser acessados em matéria do Portal DF em Foco, ainda é possível ouvir o empresário declarando que a passagem deveria ser aumentada para R$ 6,00, numa clara demonstração de insensibilidade à situação de uma população que já paga uma das passagens mais caras do país, tendo um dos 10 piores sistemas de transporte do mundo.

Defendemos o Estado Democrático de Direito e suas garantias fundamentais consagradas na Constituição Federal, e entre elas o Direito de Manifestação que garante a todo cidadão a possibilidade de expressar suas discordâncias políticas e ideológicas contra o governo do momento e até mesmo contra o Estado uma vez que essas manifestações são fundamentais para trazer equilíbrio ao jogo democrático.

Sendo assim, assinamos a presente nota, e propomos um boicote à rede Geleia Burguer, com a finalidade de materializar o nosso repúdio aos valores autoritários e antidemocráticos expressos pelo empresário.

SIGNATÁRIOS:
Fórum Comunitário e de Entidades do Gama
Gama Verde
Jornal O Canhoto
Gama Livre
Blog do Arretadinho
Portal DF em Foco
Subverta
Comunidades Agroecológicas do Bem Viver
Mutirão do Bem Viver
Setorial Nacional Ecossocialista “Paulo Piramba” do PSOL
Banca de Poetas
Partido dos Trabalhadores - PT - GAMA-DF
Partido Socialismo e Liberdade - PSOL-DF
Sindicato dos Servidores Públicos e Empresas Públicas Municipais de Valparaíso de Goiás - SINDSEPEM/VAL
Associação Ateísta do Planalto Central - APCE

==================
Saiba mais sobre o caso:

Justiça determina suspensão de repasses à concessiónária do CENTRAD

Quarta, 29 de janeiro de 2020
Do TJDF
O Distrito Federal deve abster-se de efetuar qualquer repasse antecipado de recursos financeiros à Concessionária do Centro Administrativo do Distrito Federal S/A - CENTRAD, relacionados ao contrato de concessão administrativa do Centro Administrativo - CADF, localizado em Taguatinga. A decisão é do juiz da 4ª Vara da Fazenda Pública do DF.

MPF defende manutenção de pena aplicada à União por uso de agrotóxico em terreno da Força Aérea Brasileira

Quarta, 29 de janeiro de 2020
Do MPF
Área urbana de 162 hectares, em Santa Maria (RS), foi arrendada para o plantio de soja

Em parecer enviado ao ministro Luís Roberto Barroso, da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), a Procuradoria-Geral da República (PGR) defende que seja mantida a condenação da União ao pagamento de indenização por dano moral, com correção monetária pelo IPCA-e, em razão do uso de agrotóxicos em um terreno da Força Aérea Brasileira (FAB). O local em questão corresponde a uma área de 162 hectares, localizada dentro da Base Aérea de Santa Maria (RS), que havia sido arrendada a um fazendeiro para plantação de soja.

Justiça aceita denúncia do MPF por trabalho escravo na fazenda Brasil Verde (PA)

Quarta, 29 de janeiro de 2020
Do MPF
João Luiz Quagliato Neto e Antônio Jorge Vieira agora são réus no processo judicial
Texto "Não ao Trabalho Escravo", e imagem de grupo de pessoas em cima de caminhão, na área de carga, e mão e braço de outra pessoa apoiando na beira do caminhão, para subir na área de carga.
Arte: Secom/PGR
A decisão de recebimento da denúncia foi assinada pelo juiz federal Hallisson Costa Glória na segunda-feira (27). O recebimento da denúncia significa que a Justiça considerou haver indícios suficientes para que o processo penal seja instaurado e os acusados – agora réus – sejam julgados.A Justiça Federal aceitou a denúncia criminal apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra João Luiz Quagliato Neto e Antônio Jorge Vieira por aliciar trabalhadores, frustrar direitos trabalhistas e reduzir pessoas a condição semelhante à de escravo, crimes cometidos contra 85 trabalhadores rurais que foram resgatados na fazenda de Quagliato, no município de Sapucaia (PA), em 15 de março de 2000.

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo: data relembra Chacina de Unaí

Terça, 28 de janeiro de 2020
Do MPF
No Brasil, crime vitimiza, majoritariamente, pessoas negras, do gênero masculino e com baixa escolaridade
Post it amarelo fixado com duas fitas adesivas. Em letras pretas escrito Que Dia é mesmo?
O dia 28 de janeiro é lembrado no Brasil como o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Nesta data, em 2004, o motorista Ailton Pereira de Oliveira e os auditores-fiscais do trabalho Eratóstenes de Almeida, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva foram assassinados quando investigavam denúncias de trabalho escravo em Unaí (MG), no episódio que ficou conhecido como Chacina de Unaí. Em 2015, o Tribunal do Júri de Minas Gerais condenou quatro acusados pelos crimes, mas ninguém ainda foi preso porque os recursos ainda serão julgados pelas instâncias superiores.

Novo ato contra o aumento absurdo das tarifas de ônibus e metrô no DF será nesta quinta (30/1). Participe!!!

Terça, 28 de janeiro de 2020
Será às 16 horas. Concentração no Estacionamento do ginásio Nilson Nelson. Daí sairá em direção ao Palácio do Buriti.

É nesta terça (28/1) abertura dos trabalhos da nova Mesa Mediadora do FComGama (Fórum Comunitário do Gama). A reunião é aberta ao público

Terça, 28 de janeiro de 2020

A seta amarela no mapa abaixo indica o local da reunião.  Espaço de Ideias, no Setor Norte do Gama, Quadra 1, Conjunto B, Lote 220. Fica ao lado do Estádio Bezerrão

Para que você leia o mundo


Janeiro
28
Para que você leia o mundo
Quando a letra impressa ainda não existia, o imperador Carlos Magno formou ampla equipe de copistas, que criaram em Aachen a melhor biblioteca da Europa.
Carlos Magno, que tanto ajudou a ler, não sabia ler. E morreu analfabeto, no começo de 814.
Eduardo Galeano, no livro ‘Os filhos dos dias’, 2ª edição, 2012, página 42, L&PM Editores.
---------------

===============
Leia também:

Para que você escute o mundo

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

TEXTO DE RUI BARBOSA, COMPLETANDO 120 ANOS

Segunda, 27 de janeiro de 2020
HELIO FERNANDES

Atualíssimo, irrefutável, irrevogável, inalterável.

[Clique na imagem abaixo para melhor visualizá-la]